4 - Mecanismos Biológicos

O ser humano sempre foi movido pela curiosidade e pela ânsia do saber. Por vários séculos, realizou estudos e experimentos para tentar dar respostas a muitos problemas ao longo da sua caminhada pela Terra. Com isso, muitas teorias surgiram visando explicar seus anseios e suas necessidades, buscando respostas às seguintes indagações:
•    Como a vida surgiu no Universo?
•    Que mecanismos garantem a manutenção da vida?
Para responder a estas e tantas outras indagações, valemo-nos atualmente, do estudo dos mecanismos que explicam como funcionam os sistemas que compõem os seres vivos.
Procuraremos levá-los a uma viagem inigualável, rumo ao conhecimento e à busca de algumas respostas que tentam explicar alguns dos mecanismos pelos quais os seres vivos garantem a sua sobrevivência.
Você encontrará muito material para reflexão e que o ajudará a construir novos conhecimentos, como por exemplo:
•    “Célula: que unidade é essa que constitui e mantém todos os seres vivos?”;
•    “Osmose: o equilíbrio natural e necessário...”;
•    “Embriões: a fantástica obra em construção!”.
A própria natureza dessas reflexões já indicam a importância e a amplitude dos assuntos abordados.
Para compreender o funcionamento das estruturas que compõem os seres vivos é necessário pensarmos o organismo de forma fragmentada, separada, permitindo análises especializadas de cada função biológica.
Para compreendermos como interagem os diversos sistemas dos organismos, esta fragmentação será tratada de forma articulada, adentrando-se na compreensão dos mecanismos biofísicos e bioquímicos.
Nesta unidade, os estudos dos mecanismos biológicos tendem a concentrar-se no entendimento de como as funções fisiológicas mudaram ao longo da história evolutiva dos seres vivos. Portanto, serão tratados de forma comparativa, procurando mostrar, à você, parte da complexidade dos sistemas.
Para melhor compreender essa complexidade, outras ciências contribuem com seus conhecimentos. Por exemplo, a Física, tem papel fundamental em explicar como ocorrem essas funções vitais. O médico britânico William Harvey (1578–1657), usando conhecimentos físicos sobre a bomba hidráulica, descreveu detalhadamente o sistema circulatório humano ao conceber o coração como uma bomba que impulsiona o sangue por todo o corpo. Efetivamente, os conceitos da Biologia também são indissociáveis dos conceitos da Química, como, por exemplo, na determinação do tipo sangüíneo.
A Ciência tem se mostrado uma poderosa ferramenta para solucionar muitos problemas que surgem, principalmente, da relação entre os seres humanos e o mundo em que eles vivem.
Com os avanços da microscopia eletrônica, a partir da década de 1940, passou a se conhecer muito mais a estrutura celular, do que foi possível com o microscópio óptico. Esse conhecimento, particularmente importante em termos de taxonomia, foi responsável pela classificação celular em duas categorias, de acordo com a disposição do material genético dentro da célula: células eucarióticas e células procarióticas. 
Essas unidades estruturais e funcionais básicas de todos os seres vivos, são constituídas por uma infinidade de moléculas e átomos que se agrupam para proporcionar a elas uma individualidade, tornando-as diferentes em sua estrutura, mas com semelhança em suas funções.
Tais funções celulares, desempenhadas pelas organelas citoplasmáticas, controlam cada organismo por meio da síntese de proteínas, do armazenamento e liberação de energia, da produção de substâncias que atuam no meio extracelular, entre outras funções.
Um estudo muito importante que veio auxiliar na cura, na prevenção de algumas doenças e no entendimento de como acontece o desenvolvimento dos organismos é a embriologia. A embriologia explica a anatomia e as anormalidades que se formam nos indivíduos durante seu desenvolvimento. Esses conhecimentos ajudam os médicos a dar aos embriões as melhores possibilidades de desenvolver-se normalmente. Quem não quer ter um filho saudável?
Com estes estudos pretendemos ajudá-lo a compreender as relações que se estabelecem entre o conhecimento científico e o contexto de vida social de cada um, para que você possa participar, de forma crítica, do debate sobre as aplicações dos avanços científicos e tecnológicos utilizando organismos vivos.
Educando Mais! Todos os direitos reservados - © 2019 Educando Mais! 
  • Facebook
  • Canal Educando Mais!
  • Instagram
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • RSS ícone social
E-mail do Educando Mais!
WhatsApp do Educando Mais!