12 – A cadeia alimentar

Neste Tema, você vai estudar o que se chama de cadeia alimentar, isto é, como se dão as relações entre os seres vivos que acumulam energia e produzem materiais orgânicos e aqueles que os consomem.
Você já reparou com quantos seres vivos convivemos no nosso dia a dia? Afinal, mesmo quem mora nas grandes cidades tem contato com muitos animais e plantas, não é?.
Pense agora como cada um desses seres se alimenta. De onde eles extraem energia para sobreviver?
 
A cadeia alimentar
Para repor as energias gastas durante o dia, os seres vivos heterotróficos se alimentam. Pessoas comem animais e plantas. Animais comem outros animais e plantas. As plantas produzem seu próprio “alimento” por meio da fotossíntese e dos nutrientes presentes no solo e no ar. A esse conjunto de relações, no qual seres vivos se alimentam de outros, dá-se o nome de cadeia alimentar, que representa a transferência de matéria e energia entre uma série de organismos.
A cadeia alimentar começa com a energia luminosa captada por algas, plantas e bactérias que fazem fotossíntese. Como você viu, elas utilizam a energia captada para a produção de substâncias orgânicas, armazenando a energia luminosa como energia química. Por essa razão, esses seres são chamados de produtores primários, ou simplesmente produtores.
São produtores primários as plantas e determinadas bactérias (bactérias fotossintetizantes) que usam a energia do Sol e, por meio do processo de fotossíntese, a transformam em energia química para sua própria alimentação.
Ao comerem seres fotossintetizantes, os consumidores primários aproveitam a energia contida nas moléculas das substâncias orgânicas ingeridas, usando-a em seus processos vitais como fonte de energia e na formação de suas próprias substâncias orgânicas.
São consumidores primários os seres vivos que se alimentam de plantas, algas e bactérias fotossintetizantes.
Os consumidores secundários, por sua vez, ao comerem consumidores primários, utilizam as suas substâncias como fonte de energia, e assim por diante.
Portanto, a transferência de energia na cadeia alimentar é unidirecional: ela tem início com a captação da energia luminosa pelos produtores e termina com a ação dos decompositores.
É fácil imaginar que existem vários seres vivos que utilizam os mesmos alimentos como fonte de energia, o que faz que suas cadeias alimentares se misturem, constituindo uma teia alimentar. Chama-se de teia alimentar um conjunto de cadeias alimentares que se intercalam com outras e têm, pelo menos, um ser vivo em comum, como você pode ver na figura a seguir.
 
VOCÊ SABIA
A biodiversidade é algo que está presente no seu cotidiano. Enquanto estiver no caminho para o trabalho ou para a escola, observe a diversidade de plantas e animais que encontrar e reflita: O que pode ser feito, individual e coletivamente, para que essa diversidade seja preservada?
Educando Mais! Todos os direitos reservados - © 2019 Educando Mais! 
  • Facebook
  • Canal Educando Mais!
  • Instagram
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • RSS ícone social
E-mail do Educando Mais!
WhatsApp do Educando Mais!