3 - Mercantilismo e as Grandes Navegações

Mercantilismo
* Feudalismo: riqueza igual a terra.
* Comércio e burguesia crescendo, riqueza passa a ser associada ao dinheiro.
* Monarquia absolutista passam a recorrer a praticas chamadas posteriormente de Mercantilismo para conseguir dinheiro e poder.
 
Princípios Mercantilistas
* Metalismo
* Balança comercial
* Protecionismo
* Monopólio do comercio colonial
 
Mercantilismo Inglês
* Incentivou o comercio externo e a marinha mercante
* Apoio a pirataria na costa da africa, América e Asia

Grandes Navegações:
Conjunto de viagens de longas distancias realizadas pelos europeus durante os séculos XV e XVI. Entre os perigos enfrentados, estão os reais e os imaginários.
Motivos:
Busca por especiarias e artigos de luxo orientais direto da fonte, isto é, no Oriente. No século XIV, o comercio com o Oriente era controlado em grande parte por árabes, que buscavam os produtos no Oriente e transportavam até os portos do Mediterrâneo, lá esses produtos eram comprados pelos Italianos, que dominavam o Mar Mediterrâneo, e os revendia na Europa com grande lucro. Com o domínio italiano sobre o mediterrâneo, quem quisesse participar deste comercio, sobrava somente uma alternativa: Buscar um novo caminho para o Oriente.
Além do viés econômico, havia também o desejo de expandir a fé cristã para todos os cantos do mundo.
Portugal, o pioneiro

Vários motivos contribuíam para o pioneirismo português:
1 - Primeiro Estado Nação a se formar, com controle total de seu território.
2 - Uma Burguesia prospera nas cidades litorâneas, graças ao comercio e pesca de produtos oriundos do mar.
3 - Desenvolvimento de técnicas e de conhecimentos necessários à navegação, alem do aperfeiçoamento e invenção de equipamentos, como Bussola, Mapas portulanos e a invenção das caravelas.

Os portugueses acreditavam que chegariam ao Oriente contornando a Africa, Mas inicialmente, esperavam buscar lucros conquistando Ceuta, no norte da Africa, que servia de entreposto comercial entre árabes e Italianos. Porem tal conquista, em 1415, não trouxe grandes lucros para os Portugueses.
Com a ajuda de Capitães experientes, de observadores e estudiosos, os portugueses iniciaram o contorno da africa para chegar ao oriente, e em 1498, Vasco da Gama chega a Índia e trás consigo uma enorme carga de pimenta, canela e Gengibre, que permite um grande lucro aos investidores (chegando a 600%). Aberta esta rota, partiam anualmente um navio de Lisboa em direção a Goa, na índia, que trazia ao reino europeu as especiarias que em pouco tempo se tornaram a principal fonte de renda do Reino de Portugal.
Concorrência Espanhola
* Rei Fernando e Isabel também se aplicavam na busca de um novo caminho para o Oriente.
* Em 1489 aprovaram o plano do genovês Cristóvão Colombo.
* Ele acreditava que a terra era redonda e portanto, sua rota seria em direção ao ocidente, aonde "acidentalmente" encontram um novo continente.
* Colombo sai do porto de Palas e viaja por cerca de dois meses, ate encontrar, em 12 de outubro de 1492, as ilhas Bahamas e o novo continente.
* Como pensou ter chegado nas Índias, chamou de índios os diferentes povos que habitavam essas terras.
* A noticia da "descoberta" das terras quase causou uma guerra entre Portugal e Espanha, que depois de diversas discussões e com interferência da Igreja, chegaram a um acordo, assinando em 1494 o Tratado de Tordesilhas que criava uma linha imaginaria a 370 léguas a oeste das ilhas de cabo verde, dividindo o mundo entre Portugal e Espanha.
* França, Inglaterra e Holanda não aceitaram o tratado e continuam enviando expedições para a América, África e Ásia. Mas Portugal, já estava avançado na construção de um império marítimo comercial e a Espanha, fazendo o mesmo.
Cabral chega ao Brasil

* Rei de Portugal, D. Manuel, decide enviar outra caravana as índias, para firmar o comércio português e oriental, animado com o grande lucro da expedição de Vasco da Gama.
* Essa nova esquadra liderada pelo Nobre Pedro Alvares Cabral, partiu de Lisboa em 9 de Março de 1500 com treze navios e com uma tripulação de 1500 pessoas, entre eles soldados, padres, cartógrafos e navegadores experientes como Bartolomeu Dias.
* O Rei encarregou Cabral de tomar posse de todas as terras que encontrasse no caminho. Cabral ordenou então que sua esquadra se distancia-se da costa africana, velejando cada vez mais para o ocidente.
* Depois de 43 dias, a esquadra avistou pássaros, sinal de terra próxima. Finalmente em 22 de abril de 1500, avistaram um monte verde azulado e nomearam de Monte Pascoal, pois estavam no período de Pascoa.
* Portugueses desembarcaram junto a uma aldeia tupiniquim, aonde hoje é Porto Seguro, lá fincaram uma cruz de madeira para sinalizar a posse dessas terras.
* Estabeleceram contato com os indígenas e um navio voltou a Portugal levando a carta de Pedro Vaz de Caminho.
Ingleses, Franceses e Holandeses
* Também cobiçavam as especiarias orientais, e para isso navegaram em direção ao Oriente por diversos caminhos.
* Em 1497, Giovanni Caboto, navegador Genovês a serviço da Inglaterra, tentou em vão encontrar uma passagem pelo extremo norte.
* Em 1534, o navegador Francês Jacques Cartier buscou uma rota no extremo norte, e tomou posse de parte dos atuais Canadá e EUA em nome do rei da França.
* Tanto os ingleses quanto os franceses se dedicavam a pirataria, sendo o Brasil invadido duas vezes pelos franceses.
* A Holanda começa a navegar só no final do séc. XVI, mas em poucas décadas conquistou áreas ricas em especiarias na América e em outros continentes.
As grandes navegações provocaram importantes mudanças no cenário mundial:
​a. O comercio Ganhou proporções mundiais.
b. O Atlântico passou a ser mais importante que o mediterrâneo como via de comércio, levando ao declínio das ricas cidades italianas e a ascensão de países banhados pelo Atlântico.
c. Os europeus ergueram vastos impérios coloniais e se apropriaram das riquezas locais.
d. Europeus, Africanos, Ameríndios e Asiáticos tiveram de conviver cada vez mais com as diferenças entre si.
Educando Mais! Todos os direitos reservados - © 2019 Educando Mais! 
  • Facebook
  • Canal Educando Mais!
  • Instagram
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • Rádio Educando Mais
  • RSS ícone social
E-mail do Educando Mais!